PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO - 25ª SUBSEÇÃO DE NOVA MUTUM

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Setembro de 2020 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 # # #

Artigo | mais artigos

A nova advocacia home office

Data: 03/08/2020 11:19

Autor: Itallo Leite

imgAdvogar em home office. O novo coronavírus (Covid-19) acelerou muito esse processo que já vinha acontecendo com a chamada advocacia 4.0, com a tecnologia como aliada.
 
No entanto, essa famigerada pandemia fez surgir a advocacia 5.0, uma nova onda de revolução que busca a solução de problemas sociais com alternativas inteligentes e digitais. É a união entre a tecnologia e o humano que nos permite descentralizar e fazer tudo, de qualquer lugar.
 
A sua participação online acaba sendo mais importante do que a sua presença no escritório físico. A equipe de trabalho se divide em muitos estados e até países. Eu mesmo já vivi e vivo isso, ou seja, não tem necessidade de o advogado ou advogada estar estagnado em apenas um lugar. É perfeitamente possível trabalhar home office.  
 
A atuação remota não é novidade e já está presente no STF, STJ e diversos Tribunais de Justiça. Esses órgãos mantêm funcionários em teletrabalho e estão usando ferramentas de reuniões online, videoconferências e aplicativos de mensagens que são considerados válidos como instrumentos de comunicação processual. Caminhos encontrados para não suspender a prestação jurisdicional e que surpreenderam com índices de produtividade superiores aos que existiam antes.
 
O interessante é ver que isso se aplica ao trabalho dos advogados e escritórios de advocacia de qualquer porte. É uma tendência que reflete em qualidade de vida, motivação, economia de recursos e tempo e, pode sim, aumentar a produtividade e os resultados.
 
Para exercer essa advocacia, com rotinas flexíveis e mais home office, alguns cuidados são essenciais, como ter um espaço adequado, equipamentos, boa conexão com internet e disciplina. O cuidado tem que ser redobrado para não cair na armadilha de postergar ou procrastinar, deliberadamente.
 
Um ambiente de trabalho organizado, confortável e livre de distrações também é fundamental. Estabeleça sua rotina, aquela que te atende e faça você ter mais produtividade. Hoje temos softwares para organizar e acompanhar os processos, aplicativos de reuniões, drives. Conheça e use novas ferramentas e métodos para realizar procedimentos jurídicos.
 
Dá pra manter equipes online, com reuniões sistemáticas, estabelecimento de estratégias e desenvolvimento de trabalho integralmente moderados por plataformas digitais. Esse novo mundo está aí à nossa disposição. Conhecer e dominar tecnologias deve nos servir para encontrar novas maneiras de atuar e construir caminhos originais para a profissão que escolhemos.
 
Aliás, hoje, o advogado ou advogada nem precisa mais ter escritório. É possível ter uma carreira inteiramente digital, basta construir sua presença nesse universo. Site, blog, redes sociais, e-mail profissional, telefone (hoje já existem centrais de atendimentos que fazem o serviço de secretariado remoto e redirecionam as ligações e contatos para você), tudo isso é importante para ser localizado e captar clientes.
 
As soluções e ferramentas que temos à disposição nos permitem trabalhar de qualquer lugar. Cabe a cada um construir ou adaptar sua carreira a esse novo momento do mundo. Vai sobreviver e se sobressair quem conseguir se adaptar e inovar suas práticas. O presente e o futuro da advocacia estão mudando em alta velocidade.
 
Mas vale lembrar: quanto mais tecnológicos, mais humanos precisamos ser. Nunca abra mão de manter o relacionamento com o seu cliente ou de ter proximidade com a sua equipe de trabalho. Tenha empatia, interaja e seja a integração entre esses dois pontos: a máquina e o ser humano.
 
* ITALLO LEITE é presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT)